Para realizar uma revisão sistemática ou integrativa no Monografis, siga o fluxo padrão, começando pela elaboração da proposta de pesquisa e gerando um trabalho que esteja estruturado com um esboço de sumário pronto para exportação.

No entanto, antes de prosseguir, é importante prestar atenção a dois pontos-chave:

  1. O primeiro ponto a ser observado é o modelo de metodologia, que será diferente do sugerido pelo sistema. Portanto, remova o modelo sugerido e adicione um novo capítulo. Escolha o tipo de metodologia desejado e selecione o modelo de metodologia para revisão de literatura no menu suspenso. Esse modelo inclui seções adicionais relacionadas à seleção de termos de busca, protocolo de inclusão e exclusão, bem como considerações éticas e meta-análise.
  2. O segundo ponto é a adição do capítulo de revisão de literatura sistemática ou integrativa, conforme apropriado. Para fazer isso, clique no botão verde “Adicionar Capítulo”, escolha o tipo de resultado desejado e selecione o modelo de revisão sistemática.

Lembre-se de que a revisão engloba todos os outros capítulos, além deste capítulo de revisão sistemática, e não se limita a apenas um capítulo.

Para incluir o modelo de revisão sistemática na estrutura do seu trabalho, siga os passos abaixo:

  1. Crie um capítulo personalizado, clicando no botão verde com o símbolo “+” no canto superior da tela, próximo à opção “Meus Trabalhos” e depois “Capítulos do Trabalho”.
  2. Na categoria “Tipo do Modelo”, selecione a opção “Pesquisa”.
  3. Na categoria “Modelo”, escolha a opção “Revisão de Literatura – Sistemática”.
  4. No campo “Título”, você pode escrever “Revisão Sistemática” ou o título que preferir.
  5. Por fim, clique em “Salvar”.

Espero que estas instruções tornem o processo mais claro e simples para você.

Veja um exemplo, na prática:

Além disso, lembre-se de que outros aspectos, como o protocolo de inclusão e exclusão, serão solicitados em seções específicas da metodologia.

Neste momento, é importante iniciar o desenvolvimento de seus critérios de busca, utilizando palavras-chave relacionadas à pesquisa que você realizará para identificar a literatura relevante em relação ao seu referencial teórico e resultados. Para auxiliá-lo, você pode encontrar modelos e exemplos na pasta ‘Revisão de Literatura’ no nosso compartilhamento no Google Drive.

Exemplo:

Aqui está como você pode organizar sua estratégia de busca com conjuntos de palavras-chave e critérios distintos:

  1. Conjunto de Palavras-Chave 1: Tecnologia Digital e Softwares
    • Liste as palavras-chave relacionadas a tecnologia digital e softwares, como “tecnologia digital”, “software”, “aplicativos”, etc.
    • Desenvolva critérios de busca específicos para este conjunto, incluindo operadores booleanos (AND, OR, NOT) para combinar essas palavras-chave de maneira eficaz.
  2. Conjunto de Palavras-Chave 2: Tecnologia Digital e Equipamentos
    • Liste as palavras-chave relacionadas a tecnologia digital e equipamentos, como “tecnologia digital”, “dispositivos”, “equipamentos”, etc.
    • Crie critérios de busca distintos para este conjunto, de acordo com suas necessidades.

Critério de Busca para Tecnologia Digital e Softwares:

Para pesquisar estudos relacionados à tecnologia digital e softwares, você pode desenvolver um critério de busca da seguinte forma:

  1. ( “tecnologia digital” OR “tecnologia de informação” OR “TI” ) AND
  2. ( “software” OR “aplicativo” OR “programa de computador” ) AND
  3. (“inclusão digital” OR “acesso digital” OR “alfabetização digital” OR “exclusão digital”)

Critério de Busca para Inclusão Digital e Sociedade:

Para pesquisar estudos relacionados à inclusão digital e seu impacto na sociedade, você pode desenvolver um critério de busca da seguinte forma:

  1. (“inclusão digital” OR “alfabetização digital” OR “acesso digital”) AND
  2. (“sociedade” OR “impacto na sociedade” OR “comunidade” OR “cidadãos”)

O importante é que sua estratégia de busca seja claramente documentada e transparente o suficiente para que outro pesquisador possa reproduzi-la. Isso garante a replicabilidade da pesquisa e a validade do processo.

Para facilitar a reprodução da sua busca, você deve fornecer as seguintes informações:

  1. Lista de palavras-chave ou termos usados em cada critério de busca.
  2. Operadores booleanos (AND, OR, NOT) e a lógica de como essas palavras-chave são combinadas.
  3. Detalhes sobre quais bases de dados foram pesquisadas.
  4. Qualquer filtro utilizado, como limitações geográficas ou de tempo.
  5. Qualquer outro critério que tenha sido aplicado durante a pesquisa, como a inclusão de tipos específicos de estudos.

Isso permitirá que outros pesquisadores sigam sua estratégia de busca e obtenham resultados semelhantes, garantindo a transparência e a replicabilidade da sua revisão sistemática.